terça-feira, 25 de outubro de 2016

Mais um projeto que saiu da gaveta



Mais um projeto que saiu da gaveta

É claro que quando olhamos para uma cozinha organizada e do outro lado aquele fogão de anos enferrujado , desbotado  e engordurado vem na cachola na hora: quero um fogão novo! Muitas vezes ouvi, menina compra outro fogão este tá feinho, e eu respondia o forno tá uma beleza pouco uso, as chamas também, porque desfazer? Há vou comprar um novo quando for pra minha casa nova. Por enquanto ele vai me aguentando, só que a vontade de ver ele com outra cor era favorável e o marido disse que era possível,, bora lá tentar né?!! Confere só o resultado do nosso feito à mão inspirado no Mais Cor Por Favor.





Nesse passo quase me esqueço de tirar a foto do antes dele! Branco enferrujado e já desmontado para a pintura.



Iniciada a pintura... paciência pra ver o resultado!!!



Aqui prontinho no seu devido lugar com destaque  de estrela especial na cozinha! Tchanram...


O marido quer mudar pra cozinha... deu vontade de cozinhar...


Tá aí o resultado, gostou? Pra fazer essa mini restauração ele passou por uma boa lavada pra tirar a crosta de gordura e sujeira dos seus dezesseis aninhos, uma boa lixada , partes desmontadas pra pintura e duas latas de spray vermelho e correr pra alegria, quer dizer pra pintura! Sebo nas canelas!!!

terça-feira, 19 de julho de 2016

SE EU POSSO DIZER: DIREI.

Se eu posso dizer :



Se eu posso dizer:
Não quero que meninos frequentem o banheiro das minhas filhas.
Se eu posso dizer:
Não quero nas escolas livros que incentivem a prática sexual precoce aos meus filhos principalmente menores de seis anos.
Se eu posso dizer:
Quero igualdade de direitos e não há uma ditadura de uma minoria.
Se eu posso dizer:
Não quero que meus filhos vejam beijos calorosos em parques familiares sejam eles de héteros ou gays.
Se eu posso dizer:
Não quero ouvir  nos noticiários tantas mortes de crianças por balas perdidas no meu país.
Ou em qualquer  outro lugar.
Se eu posso dizer:
Não vou comprar um produto só porque é da marca tal. E  principalmente se este "escravizar" pessoas.
Se eu posso dizer:
Por quê tenho que ficar calada quando devo dizer algo?!
Por quê este silêncio?!
Se eu posso dizer: 
Direi.
Se eu posso dizer:
Sim eu posso dizer...
até quando???

Texto: Fabiana Segatto

segunda-feira, 11 de julho de 2016

NÃO ME LEVE A MAL (Salmos 8:4,5)




Bom dia! Sumida deste espacinho, não, só priorizando!


NÃO ME LEVE A MAL


Deus a criou exatamente como a mulher que ele deseja que você seja. Ele a fez bonita a seus olhos e coroada de glória e honra (v. Salmos 8:5). Quero encorajar você a ser precavida quanto a se relacionar com um homem que exija que você mude seu modo de ser para adaptar-se a como ele acha que você deve  comportar-se, conversar, agir ou vestir-se. Esse homem, seu namorado ou o seu marido, não quer o que Deus criou. Quer ser seu criador. É melhor você continuar a ser como Deus a criou em vez de tornar-se alguém que outra pessoa tenta criar. Essa pessoa nunca a poderá criar para ser tão especial quanto Deus a fez.
Admiro muitas pessoas. Posso admirar alguns de seus atributos, achar que elas são maravilhosas ou apreciar a maneira de fazerem certas coisas. No entanto, nunca conheci uma pessoa que tivesse uma qualidade tão maravilhosa ou atraente a ponto de eu querer desistir de ser eu para ser ela. De jeito nenhum!
Além do mais, você precisa desenvolver em seu íntimo a capacidade e a tenacidade para discordar das pessoas que não aprovam sua maneira de agir. Precisa ser capaz de dizer: " Você não concorda com o meu modo de ser? Não gosta de minha aparência? Não gosta de como falo? Acha que não tenho qualidades? Que não tenho valor? Que não sou digna?Que não tenho um propósito e um motivo para ser tão importante quanto aquela outra pessoa? 
Não concordo!
Você não precisa ficar furiosa, discutir o assunto, brigar ou passar o resto da vida tentando provar que está certa e que os outros estão errados. Simplesmente discorde.
Assuma sua posição. E, antes de ir embora, diga com toda a calma:" Você tem a sua opinião, eu tenho a minha. Discordo da sua. Gosto de mim. Eu me valorizo, e sei que Deus também me valoriza."
É tempo de olhar para você mesma, encarar os outros e dizer com atitudes ou até com palavras: " Não me leve a mal, mas tenho o direito de ser eu mesma. Não me leve a mal, mas tenho  o direito de me expressar. Não me leve a mal, mas tenho o direito de ter minhas opiniões. Não me leve a mal, mas tenho o direito de usar a minha fé.Não me leve a mal, mas prefiro concordar com o que Deus disse a meu respeito. Uma ótima semana a todas as mulheres livres em Deus!

Texto da Bíblia: Mulher Tu estás livre!

Artes De Uma Fabi: Organizando com palletsOlá, tudo bem por aí?! Por ...

Artes De Uma Fabi: Organizando com palletsOlá, tudo bem por aí?! Por ... : Organizando com pallets Olá, tudo bem por aí?! Por aqui como to...